Direto ao Ponto

Redação 08/06/2016 Tangara Minha Cidade

E esse aeroporto?

O deputado Wagner Ramos (PSD) divulgou fotografia onde pousa ao lado de um diretor da empresa Azul Linhas Aéreas. Na legenda, Wagner comemora a intenção da empresa de fazer voos aéreos comerciais para Tangará da Serra, mas isso após o término do aeroporto municipal. Bem, esse aeroporto é uma novela antiga e ver aviões pousando aqui tão cedo é duvidoso. Fizeram um puxadinho por lá, mas nada que realmente leve Tangará a entrar de fato nos planos das empresas de aviação regional.

PT vai com quem?

O Diretório Estadual do PT de Mato Grosso decidiu durante reunião no último sábado que o partido não deverá na Eleição de outubro estar aliado aos partidos que os petistas consideram golpistas (aqueles que votaram favoráveis ao impeachment de Dilma Rousseff). Com isso, partidos como o PMDB, PSDB, DEM, SD e PPS deverão estar fora das preferências petistas. O deputado federal Ságuas Moraes participou do evento liderado pelo presidente estadual do PT Willian Sampaio.

PT em Tangará

Isso afeta cidades como Tangará onde PMDB e PT fizeram conjuntura para eleger o prefeito Fábio Junqueira (PMDB) e o vice-prefeito Zé Pequeno (PT). Uma conjuntura entre os dois partidos por aqui já era duvidosa, especialmente depois que o PT local entregou a Fábio os cargos que ocupava e anunciou a saída do Governo. Agora, com o anúncio da cúpula estadual, essa relação fica ainda mais abstrusa. Resta saber a quem o PMDB, hoje isolado na Prefeitura, irá se unir. PDT e PCdoB, contrários ao impeachment, são os partidos recomendáveis para as alianças petistas em 2016. O PDT em Tangará é o partido de Sílvio Sommavilla e o PCdoB se organiza e diz até em lançar candidato a prefeito.

Pediu explicações

O vereador Sebastian Ramos (PSB) solicitou que a Câmara faça um pedido formal aos dois deputados de Tangará da Serra, Wagner Ramos (PSD) e Saturnino Masson (PSDB), para que eles participem de ato no Legislativo reunindo, além dos vereadores e dos parlamentares, representantes de sindicatos e associações de servidores públicos do Estado, em greve desde a semana passada. O objetivo do vereador é ouvir o posicionamento dos deputados sobre o Reajuste Geral Anual (RGA), negado pelo governador Pedro Taques (PSDB). “Queremos saber o que eles pensam sobre isso”, disse Sebastian. É bom mesmo, pois até sei, apesar de serem da base do governo, ambos são favoráveis ao pagamento do RGA.

Envergonhado

O vereador Rogério Silva (PMDB) disse que ficou envergonhado em evento ocorrido na aldeia Umutina, em Barra do Bugres, que reuniu mais de 40 etnias. Após fazer uma apresentação cultural a aldeia Wazare, de Campo Novo do Parecis, distribuiu material gráfico mostrando as belezas naturais e culturais do município vizinho. “Fiquei com vergonha ao ver um material tão bonito e eu não tinha nada para mostrar de Tangará”, disse. Simples vereador, Campo Novo ‘aprendeu a vender seu peixe’.

Bezerra e Fabão

Os vereadores Bezerra (PMB) e Fabão (PSDB) fizeram abordagens dentro do mesmo assunto: turismo e desenvolvimento econômico. Bezerra se mostrou indignado pelo fato da gestão não ter implantado lombadas eletrônicas a zona azul para organizar o trânsito. “A cidade quer ser chamada de polo, mas não quer ser igual a uma cidade polo”, disse. Fabão por sua vez acredita que as pessoas que administram o trânsito e o Turismo em Tangará não são qualificadas para tal.



Notícias da editoria