“A gente precisa da colaboração da população”, diz Herrero

Redação DS 26/05/2017 Saúde

19.730 pessoas, com exceção da área indígena. Esse é o número que a Vigilância Epidemiológica pretende alcançar com a vacinação contra o vírus Influenza em Tangará da Serra. Restam aproximadamente 7000 pessoas para que o número seja alcançado no município e para isso, as próximas duas semanas serão fundamentais para o êxito da campanha.
“Acredito que vamos atingir essa meta, só que a gente precisa da colaboração da população porque é extremamente importante que as pessoas se vacinem”, destacou a coordenadora do setor, Juliana Herrero.
“Já tem óbitos em outras regiões do país e a gente não quer que isso aconteça em Tangará. Então, quanto mais a população estiver imunizada, menos riscos teremos de óbitos aqui”, acrescentou.
A coordenadora acredita que o fato de ainda não ter havido surtos no estado interfere negativamente na procura pelas doses. Para elucidar, Juliana citou o exemplo da vacinação contra a febre amarela, que tem procura variável ao longo do ano.
“É a mesma questão da febre amarela. É uma vacina que a gente tem diariamente nas unidades e a procura é baixa e toda vez que começa a ter óbitos no Brasil, as unidades enchem para vacinar. Então, as pessoas só se preocupam quando tem outras pessoas morrendo, infelizmente”, lamentou, ao reforçar que a campanha foi prorrogada até 09 de junho .

>> Paulo César Desidério - Redação DS

Notícias da editoria