Professores da rede municipal de educação aprovam estado de greve

Redação DS 27/06/2017 Geral

Greve pode ser deflagrada a qualquer momento no município

Geral

Profissionais da rede municipal de ensino em Tangará da Serra estiveram reunidos na noite da última sexta-feira, 23 na sede do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público (Sintep) no município. Na ocasião, em assembleia os professores deliberaram pela aprovação do estado de greve no município.
De acordo com a presidente do Sintep no município, Francisca Alda de Lima,  há uma pauta de reivindicações. “Os profissionais da educação do município já vem protocolando a pauta desde 2013. Já é uma pauta antiga que está sendo protocolada tanto com o secretário de educação, quanto com o prefeito. Os profissionais da rede municipal tem participado constantemente das manifestações”, afirmou, ao destacar que as demandas da classe não vem sendo atendidas pelo Executivo.
“Há essa falta de calendário para as negociações, falta de interesse da própria Semec para atender a categoria, além da pauta da hora-atividade para os contratados, a jornada de carreira de 30 horas, o RGA que deveria ter sido pago na folha de maio e até então nem projeto tem na Câmara”, complementou.
Na opinião da presidente, os recursos estão sendo mal aplicados no setor pelo governo e tem faltado diálogo com os profissionais. “A infraestrutura das escolas estão extremamente precárias e agora existe até uma sugestão de que a escola entre com a contrapartida para fazer reformas com o dinheiro do Fundeb em caixa. Ao meu ver falta planejamento para a aplicação desses recursos e a categoria está extremamente insatisfeita”, reforçou Francisca.
O funcionalismo público prepara para esta sexta, 30, um dia de paralisação e greve geral em todo o país.
“É possível que nos próximos meses essa greve aconteça na rede municipal. Sexta-feira, dia 30, terá greve geral no Brasil inteiro e em Tangará da Serra também. Pela mobilização que estou vendo, não vai ser apenas a educação que vai parar, tem vários segmentos que vão parar no município de Tangará da Serra na próxima sexta”, pontuou.
Para sexta-feira, 30, uma caravana do Sintep sairá da sede do sindicato no município rumo a Cuiabá para participar dos atos da greve geral na capital.

>> Paulo César Desidério - Redação DS

Notícias da editoria