Aeronave carregada com 300 quilos de cocaína é interceptada pela FAB

Redação DS / Assessoria 09/06/2018 Polícia

O avião, que saiu da Bolívia, foi comboiado para pouso no aeroporto de Tangará da Serra

Polícia

Uma aeronave que vinha da Bolívia em voo clandestino, sem registro e sem identificação, foi interceptada neste sábado, 9 de junho, por dois aviões de ataque A-29 Super Tucanos da Força Aérea Brasileira (FAB) em uma operação conjunta com as forças policiais da Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Gefron, Polícia Militar, Polícia Civil e Ciopaer).

A aeronave PT-IDV, monitorada por um jato-radar E-99, não adotou os procedimentos determinados na abordagem pelos A-29 e, classificado como suspeito, o avião foi comboiado para pouso no aeroporto de Tangará da Serra. Dentro dele estavam cerca de 300 quilos de cocaína.

Antes disso, entretanto, o piloto realizou uma manobra de risco e pousou o monomotor em uma área rural de Salto do Céu, município localizado a 140 quilômetros de Tangará. O piloto e um tripulante fugiram, mas foram localizados na sequência e presos em flagrante.

Em nota, a Força Aérea informou que o monomotor transportava 300 quilos de cocaína pura. A interceptação faz parte da Operação Óstium, de repressão ao tráfico de drogas, armas e contrabando nas fronteiras.



Notícias da editoria