TRE fará revisão do eleitorado de Tangará a partir de dezembro

Redação 15/05/2018 Política
Política

A partir do dia 3 de dezembro deste ano, a Justiça Eleitoral, por meio do Cartório da 19ª Zona Eleitoral de Tangará da Serra, fará a revisão do eleitorado de Tangará da Serra. A realização da revisão foi autorizada pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso na última sexta-feira, 11, em 26 municípios.
De acordo com a Resolução nº 2128/2018, as revisões terão início no dia 3 de dezembro deste ano e serão encerradas até 29 de março de 2019, com o objetivo de elevar consideravelmente o percentual de eleitores cadastrados biometricamente no Estado, que atualmente é de 48,11%. “O objetivo do cadastramento biométrico é evitar fraudes”, afirma o chefe de Cartório da 19ª Zona Eleitoral, Luis Gustavo Romko.
O cadastramento biométrico, destaca Romko, recomeçará de forma ordinária (sem obrigatoriedade) a partir do dia 5 de novembro deste ano. Já a revisão com coleta de dados biométricos, cujo comparecimento do eleitor será obrigatório, terá início a partir do dia 3 de dezembro. “Serão quatro meses, de dezembro deste ano ao final de março do próximo, e todos os eleitores terão que comparecer a Justiça Eleitoral, obrigatoriamente. Haverá uma convocação”. O atendimento, a partir da convocação, será realizado em quatro postos eleitorais – locais de grande acesso de pessoas. “Faremos no mínimo três equipes, para conseguir dar conta da demanda”.
Atualmente, 73.345 eleitores estão cadastrados em Tangará da Serra. Desses, pouco mais de 30% fizeram o cadastro biométrico, faltando aproximadamente 51 mil eleitores. Àqueles que já fizeram o cadastro biométrico, o responsável explica que não há necessidade de comparecer ao Cartório Eleitoral para revisão. 
Além de Tangará, a revisão acontecerá nos municípios vizinhos: Barra do Bugres, Campo Novo, Diamantino, Sapezal e Arenápolis.

Fabíola Tormes / Redação DS



Notícias da editoria