“Audiência expôs desdém do Samae”, avalia Frare

Assessoria 01/07/2018 Política
Política

Claudinho Frare (PSD) presidiu na última sexta-feira, dia 29, a audiência pública realizada pela Câmara Municipal para discutir a necessidade de atualizações nas leis que regulam os serviços oferecidos pelo Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto de Tangará da Serra (Samae). O evento contou com a participação do presidente da Câmara, vereador Hélio da Nazaré (PSD), do vereador Ronaldo Quintão (PP) e do deputado estadual Wagner Ramos (PSD). Apesar de ter recebido número expressivo de consumidores que reclamavam de problemas com a autarquia municipal, a audiência não teve a participação de representantes do Poder Executivo, especialmente do próprio Samae.
‘Infelizmente, quem deveria estar aqui para responder as perguntas que vocês trouxeram, não veio. Não veio porque não tem coragem de olhar no olho do cidadão e reconhecer que os aumentos feitos por decreto têm sido abusivos. Não veio porque não tem coragem de responder as perguntas dos vereadores que aqui estão e dos mais interessados, o povo que sofre com os aumentos abusivos ”, afirmou o vereador Claudinho Frare.
Para Frare, a falta do diretor do Samae Wesley Torres reflete o sentimento do próprio Governo do Município em relação ao Poder Legislativo e a população. “A audiência expôs a insatisfação dos consumidores, que trouxeram suas contas para cobrar do Samae uma explicação, mas o Samae correu. E também expôs o respeito que tem esse governo em relação a opinião dos tangaraenses. Desdém por parte do Samae, desdém por parte do Poder Executivo”, disse.
MEDIDAS – Frare adiantou que deve conversar com os demais parlamentares para estudar alternativas. O diretor do Samae poderá ser convocado a dar explicações oficiais e requerimentos, com as perguntas formuladas com base nas questões apresentadas pela população, devem ser apresentados em conjunto pelos parlamentares. “Além disso, vou propor a sustação dos decretos que aumentaram a tarifa da água. Esses decretos são um desrespeito ao povo e a Câmara fará sua parte, em favor do povo”, disse Frare.

 

Notícias da editoria