Alunos promovem ações em atenção ao Setembro Amarelo

Fabíola Tormes / Redação DS 09/09/2018 Saúde

Estudantes atentos ao problema

Saúde

O suicídio aumentou gradativamente no Brasil entre 2000 e 2016: foi de 6.780 para 11.736, uma alta de 73% nesse período. As maiores taxas de crescimento foram registradas entre jovens e idosos, do acordo com o Ministério da Saúde.


No mundo, o suicídio acomete mais de 800 mil pessoas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). É a segunda causa de morte no planeta entre jovens de 15 a 29 anos — a primeira é a violência.


De olho nessas estatísticas, principalmente em relação a crescente no público jovem, que estudantes da 2ª Série do Ensino Médio da Atec deram início a um trabalho extracurricular – Atec Amarela, com o objetivo de alertar os jovens, alunos da própria unidade escolar, para o problema. “Passamos mais tempo na escola, do que na própria casa, então, pensamos em criar este projeto e assim transformar a escola nesse auxílio”, comenta o estudante Irineu Marcelo, de 16 anos, ao explicar que o projeto assemelha-se a outro desenvolvido em Sapezal, também por estudantes. “É muito importante debater esse assunto com os jovens (…) especialmente porque as pesquisas mostram que o índice de suicídio é maior entre 15 a 22 anos”, reforça. 


Para o diretor administrativo, Robson Teodoro Costa, a iniciativa é louvável, especialmente porque a ação partiu dos alunos. “Eles nos procuraram, expuseram a vontade e a Atec apoiou”, afirma, ao parabenizar todos os envolvidos. 


As ações relacionadas a Atec Amarela iniciaram na semana passada, oportunidade em que fitinhas foram distribuídas aos alunos, assim como uma breve conversa sobre o problema. “Também fizemos cartazes com frases motivadoras e colamos por toda a escola”, complementa a estudante Júlia Rizzon, de 16 anos. As atividades seguirão pelas próximas semanas, sempre com abordagens diferentes. “Cada semana desenvolveremos uma atividade em prol da vida”. 


Fazem parte também do projeto os alunos Ana Paula Acco, Alessandra Nakamura, João Pedro Vasconcelos e Larissa Maria. 
 



Notícias da editoria