Ex-prefeito de Marilândia, Wener se apresenta como renovação na política

Fabíola Tormes / Redação DS 14/09/2018 Política

Ele foi o prefeito mais jovem do estado e hoje busca vaga na AL

Ele visitou o Diário da Serra nesta quinta

O candidato a deputado estadual pelo Partido Progressista, Wener Santos, esteve na sede do jornal Diário da Serra na manhã desta quinta-feira, 13, oportunidade em que recordou sua trajetória política e falou das propostas para o Estado de Mato Grosso, especialmente para a região Médio Norte e Chapadão do Parecis.


De Nova Marilândia, Wener Santos foi o prefeito mais jovem do estado e governou aquele Município de 2013 a 2016, deixando um legado na cidade. Agora ele lança seu nome representando “a real possibilidade de renovação na política mato-grossense”.


Em sua gestão como prefeito, relembra Santos, Nova Marilândia ficou entre os 150 mais desenvolvidos do Brasil e entre as 10 melhores cidade de Mato Grosso, conforme o Instituto Firjan. “E acredito que isso me credencia a buscar um cargo para representar toda a região e ajudar, porque vejo que hoje estamos esquecidos, sem estradas, com hospitais regionais fechando, os empregos acabando e o povo indo embora. Então com essas propostas para o desenvolvimento que a gente quer fazer um trabalho sério e assim atender a nossa população”.


Porém, por mais que o início de sua trajetória política tenha sido firmada em Nova Marilândia, Santos tem uma longa história também com Tangará da Serra. Caçula de três irmãos, Wener nasceu em Nova Marilândia, mas, aos 14 anos mudou-se para Tangará, onde os pais residem até hoje. “Mudei para Tangará em 1998, quando meu irmão [Cidinho] terminou o mandato de prefeito em Marilândia e vivi boa parte da minha vida aqui. Meu primeiro emprego foi de office-boy na Lorenzetti, estudei o ensino médio na Escola 29 de Novembro, fiz minha faculdade na antiga Unice, hoje Unic Tangará, sou formado em Direito, e depois desse tempo meu ganha pão começou a ser em Cuiabá”. 


Na capital do Estado ele trabalhou na Procuradoria Geral do Estado por sete anos e na Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM). “Depois fui para Marilândia ser prefeito, terminei meu mandato fui para Cuiabá e agora estamos no projeto regional, numa candidatura a Deputado Estadual. E como Deputado Estadual estarei sempre presente, defendendo nossa região com experiência e capacidade para fazer muito mais pelo nosso Estado”.


“Desenvolvimento é o meu foco”, afirma Santos

Pleiteando uma das 24 cadeiras na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (AL/MT), o candidato Wener Santos (PP) afirma que seu foco será o desenvolvimento do Estado, especialmente a região Médio Norte e Chapadão do Parecis. “Meu foco é o desenvolvimento, porque agrega tudo. Quando você desenvolve, gera emprego, melhora a saúde, melhora a renda, a educação (…) e o nosso foco é o desenvolvimento através da BR 364, que corta todo o nosso Médio Norte e Chapadão dos Parecis”, explica. 


“Quando se fala em Mato Grosso, se fala em produção e produção precisa ter logística. Não existe desenvolvimento se não tiver escoamento. E queremos fazer um trabalho na BR 364, desde Rosário Oeste até Comodoro”, complementa, ao destacar que esse trabalho de desenvolvimento já começou com a atração de novos investidores, como a empresa da Neto Alimentos, em Diamantino, que vai produzir ovos em pó para a Balduco. “Serão cinco milhões de aves produzindo, 200 empregos diretos de imediato e para cada  emprego direto, três indiretos. Estamos também com projeto em Deciolândia, de 400 milhões de reais de investimentos, mais de 1,5 mil empregos diretos e isso tudo as margens da 364, que vai gerar emprego em Tangará da Serra e região (…) Esse é o nosso trabalho: de atrair novas empresas, novos investidores para a nossa região, gerando emprego e renda”. 


Além dessas, são propostas legislar e investir em programas voltados para a Agricultura Familiar e Agronegócio; e fomentar políticas educacionais, entre outras.
 



Notícias da editoria