Mato Grosso elege Juiza Selma e Jayme Campos

Redação DS 08/10/2018 Política

Ela foi eleita com 678.542 votos e Jayme com 490.699

Selma e Jayme Campos

Os candidatos Juíza Selma Arruda (PSL) e Jayme Campos (DEM) foram eleitos senadores pelo estado de Mato Grosso. Ela foi eleita com 678.542 votos e Jayme Campos com 490.699 votos.


Selma Rosane Santos Arruda foi uma das candidatas que fez campanha impulsionada pela popularidade do candidato à Presidência Jair Bolsonaro. Os dois candidatos que concorreram na chapa dela como suplentes também são do PSL. A futura senadora é juíza aposentada do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso. 


Diferentemente da estreante na política, Jayme Veríssimo de Campos retorna ao Senado Federal quatro anos depois. Ele foi governador de Mato Grosso entre 1991 e 1995 e prefeito de Várzea Grande por três mandatos. Jayme Campos iniciou carreira ainda no Arena, partido que deu sustentação ao regime militar.


Além deles, concorreram e saíram derrotados o vice-governador mato-grossense Carlos Fávaro (PSD), os deputados federais Adilton Sachetti (PRB) e Nilson Leitão (PSDB), que somaram 434.972, 333.082 e 330.430 votos, respectivamente; e ainda Procurador Mauro (PSOL), com 226.053 votos; Professora Maria lucia (PCdoB), com 172.259; Dr. Waldir Caldas (Novo), com 71.494; Aladir (PPL) com 9.325; Gilberto Lopes Filho (PSOL) com 6.079; e Sebastião Carlos (Rede) não teve seus votos validados.
 

Notícias da editoria