Rogério lamenta divisão e defende unidade regional

Assessoria Especial 24/10/2018 Política

Rogério não conseguiu se eleger deputado federal

Vereador Rogério Silva obteve  16.531 votos

Depois da disputa por uma vaga na Câmara Federal, o vereador Rogério Silva (MDB) retomou a rotina na Câmara Municipal de Tangará da Serra.


Rogério não conseguiu se eleger deputado federal, mas manteve o patamar de votação alcançado em 2014. Em 2018, foram 16.531 votos conquistados, contra os 16.116 do pleito anterior. “Uma diferença importante entre o pleito atual e o anterior é o prestígio obtido no partido. O MDB apostou em Rogério como um dos principais nomes da legenda na disputa por uma das oito vagas no parlamento federal. “Recebemos estrutura e respaldo, mas as circunstâncias impostas pela divisão ampliaram as dificuldades”, observou.


Para Rogério, ao contrário de dividir, a região deve pensar em unir, somar. O emedebista lamenta a prática de ataques pessoais que ainda é fomentada na cidade, em que alguns veículos de comunicação são usados. “Objetivos são alcançados com união, trabalho e respeito. Não se chega a lugar algum desacatando e perseguindo”.
 

Notícias da editoria