Com presença de oito autores, João Batista realizou II Chá Literário

Rosi Oliveira / Redação DS 24/10/2018 Educação

Os alunos destaques na escrita farão uma viagem para conhecer a Academia Mato-grossense de Letras, em Cuiabá.

O encontro é resultado de um projeto iniciado no ano passado

Com a presença maciça de alunos, professores e convidados. Assim foi o  II Chá Literário: Mato Grosso em Prosa e Verso, promovido Escola João Batista na noite de terça-feira, 23.


O encontro é resultado de um projeto iniciado no ano passado, cujo objetivo é promover a aproximação de autores mato-grossenses e leitores, especialmente alunos do 9º Ano ao 3º Ano do Ensino Médio da escola que contou com a participação do autores: Aclyse de Matos, Agnaldo Rodrigues, Aroldo Abreu, Dante Gatto, Everton Barbosa, Irene Rezende, Lucinda Persona e Marta Cocco.


Segundo a  idealizadora do projeto, a professora Ângela Maria da Silva Elias, foram momentos mágicos e emocionantes. “Os alunos fizeram um belo trabalho em sala com as leituras e tiveram a oportunidade de conhecer bem de pertinho os escritores e vimos que isso foi muito prazeroso para eles”, destacou a educadora.


Nos próximos dias, os alunos destaques na escrita farão uma viagem para conhecer a Academia Mato-grossense de Letras, em Cuiabá.


Dante Gatto é homenageado durante Chá Literário

Após quase um ano de trabalho, a Escola João Batista realizou na noite de terça-feira a 2ª edição do Chá Literário: Mato Grosso em Prosa e Verso.


Durante todo esse tempo, cerca de 200 estudantes  trabalharam em sala de aula as obras dos  autores Aclyse de Matos, Agnaldo Rodrigues, Aroldo Abreu, Dante Gatto, Everton Barbosa, Irene Rezende, Lucinda Persona e Marta Cocco que estiveram presentes ao evento. A noite foi marcada por muita alegria, emoção e homenagens.


Na oportunidade, o escritor Dante Gatto foi homenageado pelos alunos, uma vez que, o educador acaba de se aposentar. Em momento emocionante, os alunos retrataram a trajetória de vida do mestre, que além de professor, desempenhou outras várias funções. “Fiquei muito feliz com a homenagem. Foi gratificante demais. Não vou parar não, agora tenho mais tempo para me dedicar aos estudos. Posso escrever mais agora”, revelou Dante Gatto em entrevista ao Diário da Serra.
 



Notícias da editoria