Saúde intensifica vacinação contra o HPV

Fabíola Tormes / Redação DS 05/11/2018 Saúde

As equipes estarão a partir desta terça-feira, nas comunidades rurais

A vacina é indicada para meninas e meninos

A Secretaria Municipal de Saúde intensificará esta semana  a vacinação contra HPV em adolescentes da zona rural. Para esta ação foram estabelecidas parcerias com escolas, na busca ativa dos adolescentes com atraso no esquema vacinal.


De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Juliana Herrero, as equipes de saúde estarão a partir desta terça-feira, 6, nas comunidades rurais, iniciando com a vacinação na Escola Che Guevara, seguindo na quarta-feira, 7, na Marechal Rondon; quinta-feira, 8, na Triângulo e encerram na sexta-feira, 9, na São Jorge. “Temos essa vacina disponível o ano inteiro, em todas as salas de vacina, porém fazemos duas intensificações durante o ano, que é uma em março e outra que é em outubro e novembro”, explica a coordenadora. “Já foi feito na zona urbana essa intensificação, quando as equipes de saúde se deslocam até as escolas onde tem essas crianças e adolescentes e na zona rural vamos fazer esta semana”.


A vacina HPV está indicada para meninas de 9 a 14 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias) e meninos de 11 a 14 anos. O esquema recomendado consiste em duas doses com intervalo mínimo de 6 meses entre elas. “A vacina HPV desde 2015 passou a integrar o calendário nacional do adolescente. Então deixou de ser campanha e entrou na rotina dos atendimentos”, frisa, ao destacar a importância da vacinação contra o HPV, vírus que pode causar vários tipos de câncer, entre eles o de colo de útero.


A vacina contra o HPV foi introduzida no Calendário Nacional de Vacinação, de forma gradual, tendo, em 2014, como alvo as meninas de 11 a 13 anos. Em 2015, foram incluídas as meninas de 9 a 11 anos de idade; em 2016 de 9 a 13 anos de idade e em 2017, para meninas de 9 a 14 anos. Em 2017, foram inseridos os meninos de 11 a 14 anos. 
 

Notícias da editoria