Em menos de dois meses, 317 novos casos de hanseníase são registrados em MT

G1MT 26/11/2018 Saúde

Carreta percorreu 18 municípios, inclusive, Tangará da Serra

Este número consta no relatório sobre o Projeto RodaHans – Carreta da Saúde

Entre os dias 27 de agosto e 19 de outubro deste ano a Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou 317 novos casos de hanseníase em Mato Grosso.


Este número consta no relatório sobre o “Projeto RodaHans – Carreta da Saúde”, que percorreu 18 municípios.


De acordo com o documento, foram capacitados nesse período 1.037 profissionais da área da saúde pública dos municípios, 2.749 atendimentos de pacientes; e registrou-se 317 casos novos da hanseníase, sendo que desse total 10 casos foram entre menores de 15 anos de idade.


Em 2017, Mato Grosso registrou 3.477 casos de hanseníase.


O estado foi contemplado com três momentos de capacitação do projeto RodaHans, que foram ofertadas às regiões com maior número de municípios que aderiram à estratégia da carreta: Pontes e Lacerda, Alta Floresta e Água Boa.


Nas demais regiões a estratégia foi replicada por meio de uma articulação entre a Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso, Escritórios Regionais de Saúde e Secretarias Municipais de Saúde, tendo com facilitadores profissionais que atuam como referência para hanseníase nestas regiões.

Notícias da editoria