Saúde finaliza atendimentos do Novembro Azul

Rosi Oliveira / Redação DS 28/11/2018 Saúde

Atendimentos aconteceram durante todo o dia

"Muitos homens ainda acham que o exame é somente de toque"

Resposta positiva. Assim foi avaliado o mutirão realizado na quarta-feira, 28, em alusão ao Novembro Azul.


Na oportunidade, 50 pacientes com agendamento antecipado passaram por consulta com um médico da capital do Estado que se disponibilizou a realizar os atendimentos de forma totalmente gratuita.


Dividos em dois turnos, no matutino, 20 pessoas foram atendidas. Já no vespertino os 30 restantes.


Segundo a enfermeira da Central de Regulação, Dienifer Jaqueline esses 50 homens atendidos foram triados no dia 20 de novembro, quando aconteceu o  Dia D do Novembro Azul. “Nesse dia tivemos aqui três clínicos gerais que realizaram a triagem e agendaram esse homens que hoje passam pelo atendimento com o uroncologista Newton Tafuri, que já solicitou vários exames a esses pacientes e retorno em breve para dar realmente um diagnóstico mais acertado”, informa.


Esses pacientes serão priorizados e encaminhados à Cuiabá para dar seguimento no tratamento que continuará com o médico solicitante, sendo que todo o apoio de transporte para a capital, ficará a cargo da  Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra. “Muitos a alteração é benigna e eles já estão saindo com o tratamento e farão retorno daqui seis meses com o doutor em Cuiabá”, destaca a enfermeira.


Embora os atendimentos tenham sido agendados e gratuitos, oportunizando que os pacientes se organizassem para as consultas, destes 50, 4 não compareceram, mas tiveram as vagas preenchidas.


Para a enfermeira isso demonstra que ainda há preconceito em relação ao exame. “Muitos homens ainda acham que o exame é somente de toque, e tem esse preconceito que pode colocar em risco a sua saúde”, frisou.

 



Notícias da editoria