Meio século do 29 de Novembro será eternizado em livro

Rodrigo Soares / Redação DS 28/11/2018 Educação

Obra ‘Do Nascedouro ao Jubileu de Ouro’, será lançada hoje

O livro vai contar desde a criação da escola 29 de Novembro

Baixe ou leia o livro em PDF. Reprodução autorizada pelo autor.

Criada antes mesmo da emancipação político- administrativa de Tangará da Serra, a Escola Estadual 29 de Novembro completa hoje, 50 anos de fundação e terá sua história eternizada em um livro de 140 páginas composto por muitos relatos de conquistas, aventuras e momentos marcantes do meio século vivido pela instituição, que é responsável pela formação de milhares de pessoas que desempenham papéis importantes na sociedade.


Trazendo como título ‘Do Nascedouro ao Jubileu de Ouro’, a obra assinada pelo professor Antônio Francisco de Melo será lançada a partir das 19h de hoje, na quadra do 29 de Novembro. De acordo com o autor do livro, a obra promete trazer muita nostalgia para quem de alguma forma fez parte da história da instituição.
“O livro vai contar desde a criação da escola e citar os primeiros funcionários, quando a instituição começou a funcionar na Avenida Brasil em uma sala cedida pelo então vereador Antônio Hortolani. Daí pra frente citei alguns (funcionários) que se fizeram destaques de uma forma ou de outra dentro da própria escola”, adiantou o escritor à reportagem do Diário da Serra, destacando que apesar de todo empenho em pesquisas, não foi possível citar todos os profissionais e pessoas importantes que passaram pela instituição. “Por mais que a gente busque na memória e nas pesquisas, algumas coisas ficaram faltando. Quero deixar o pedido de desculpas caso alguém leia o livro e ache que ficou faltando algo. (…) Faltaram mais de 900 pessoas que passaram como funcionários de uma forma geral, mas não foram citados, pois não havia como”, relatou o escritor, que já foi aluno, auxiliar administrativo, presidente do primeiro grammy estudantil e professor do 29 de Novembro.


“A expectativa que tenho é que, dentro de minhas limitações, quem ler goste do livro, que será uma  excelente fonte de pesquisa para alunos e professores da escola”, finalizou.

 



Notícias da editoria