Escola Plena foi a ‘novidade’ deste ano em Tangará

Fabíola Tormes / Redação DS 20/12/2018 Educação

O modelo de ensino atende alunos na escola Ramon

Escola atende mais de 200 alunos

Com a proposta de oferecer aos alunos dos anos finais do ensino fundamental e também do Ensino Médio uma educação diferenciada, em tempo integral, que o Governo do Estado implantou neste ano a escola plena na Escola Estadual Vereador Ramon Sanches Marques, em Tangará da Serra.


O projeto educacional, novidade deste ano letivo, encerra também de forma positiva, segundo avaliação do Assessor Pedagógico Saulo Scariot. “Conseguimos fazer a implantação do projeto, que é um modelo totalmente diferente do que estamos acostumados, enquanto educação. Avançamos nos índices de reprovação: de 40% que tínhamos no primeiro ano do Ensino Médio em 2017 para 2018 caiu para praticamente zero”, analisa.


Já em relação as dificuldades enfrentadas, o assessor destaca sendo a principal a evasão de alunos. “Nossa principal dificuldade é manter esses alunos na escola. Perdemos muito desses alunos para o mercado de trabalho”, lamenta Scariot. De 270 alunos que iniciaram o ano, 40 deixaram a escola.


Já em relação a parte estrutural, o assessor garante que também avançou. “A única coisa que está faltando é o posto de transformação”. Esse problema, inclusive, foi motivo de manifestação dos pais e alunos da escola, que reivindicaram a instalação dos aparelhos de ar condicionado na unidade.


Além da escola plena, o problema é enfrentado também em outras cinco escolas. A instalação é de responsabilidade do Governo Estadual, porém a empresa vencedora da licitação, para instalação, foi considerada incapaz. Um novo processo licitatório deverá ser feito para atendimento as escolas tangaraenses, em 2019.

 



Notícias da editoria