18 equipes disputam R$ 5 mil em Campeonato de Pênalti

Fabíola Tormes / Redação DS 21/01/2019 Esportes

Campeonato iniciou com 30 equipes; competição segue no domingo

Competições iniciaram no domingo

Com a bola parada, colocada na linha de grande penalidade, trava-se o duelo entre o rematador e o goleiro. Assim é a cobrança de um pênalti, que em Tangará da Serra ganhou expressividade e se tornou no 1º Campeonato de Pênalti.


Organizado pelo desportista Claudinho Rosseno, o evento esportivo foi dividido em dois finais de semana, iniciando neste domingo, 20 de janeiro, com a participação de atletas de diversas localidades do Estado.


Ao todo, segundo o responsável, 30 equipes (entre atletas disputando individualmente, em dupla ou em trios) iniciaram na competição, que segue no próximo domingo, dia 27, com 18 equipes – todas elas em busca de R$ 5 mil em premiação.


Assim, seguem na competição, pela Chave A, os competidores Durvalino e Cantor; Coroti, Silvinho e Kessio/PSG; e Fumaça, Joel e Cuiabano, todos de Tangará. Pela Chave B estão classificados Dimazi e Passarinho; Helhão e Kaique Via Motos; e Negrão e Rafael Juventus, de Tangará. Chave C: Geasi e Tissu Via Motos; César e Conselheiro, de Tangará; e Jhonatan e Natan, de Campo Novo. Chave  D: Lucas e Reydner, de Tangará; Estanil e Geniel Chelsea, da Comunidade Vãozinho; e Erick, de Nova Marilândia. Chave E: Cleber e Rodrigo Senhorinho, de Tangará; Sabará e Everton, de Campo Novo; e Piauí e Agemiro, de Tangará. E, finalizando, pela Chave F, Antonio e Celso; Formiga  e Careca; e Michael, todos de Tangará.

 

Notícias da editoria