Curtas

Redação DS 21/02/2019 Curtas

Curtas

Curtas

Continuidade do Exame da OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) reafirmou que a extinção do Exame da Ordem vai na contramão do que vem exigindo a sociedade. Travada há mais de quatro décadas, a discussão sobre sua obrigatoriedade já foi pacificada no Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu, de forma unânime, sua constitucionalidade. Na última semana, o deputado federal José Medeiros apresentou projeto para revogação do dispositivo da Lei 8.906/94 que exige a aprovação no Exame da Ordem para a inscrição profissional como advogado.  "A discussão sobre sua necessidade, importância e  obrigatoriedade legal, já se mostrou esgotada uma vez que pacificada", destacou o presidente da OAB-MT, Leonardo Campos.


Feminicídio

A Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (Ceac) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) registrou, em janeiro deste ano, oito homicídios envolvendo vítimas femininas de 18 a 59 anos de idade, no Estado. O número é superior ao mesmo período do ano passado.


Em Tangará

Em janeiro de 2018, foram registrados seis casos de homicídios de vítimas femininas entre 18 e 59 anos de idade. Os oito casos de janeiro deste ano são referentes aos municípios de Água Boa, Cáceres, Castanheira, Comodoro, Juara, Nobres, Primavera do Leste e Tangará da Serra.


Catis

Mato Grosso possui atualmente 434 Centros de Acesso à Tecnologia para Inclusão Social (Catis), distribuídos em 116 municípios. Esses laboratórios de informática funcionam por meio de parcerias com instituições cooperadas e proporcionam qualificação profissional à população carente.

Notícias da editoria