Homem é morto e outro baleado em Brasnorte

Repórter em Ação 23/02/2019 Polícia
Polícia

A Polícia Militar (PM) registrou um homicídio e uma tentativa nesta sexta-feira (22), em Brasnorte. Os crimes aconteceram no Assentamento Tibagi, comunidade Bom Futuro.

 

Os policiais da guarnição do dia acionaram os investigadores de Polícia Civil e se deslocaram para o local do crime.

 

No local os investigadores encontraram a vítima caída no meio da estrada com duas perfurações provenientes de arma de fogo.  No local, testemunhas afirmaram que pelo menos mais uma pessoa teria sido baleada,  foi socorrida por terceiros e levada ao hospital municipal de Brasnorte.

 

O investigador Fabiano Souza, disse que ainda não foi possível identificar a vítima, isso porque, ela não portava nenhum documento. Ainda segundo informações do investigador, uma motocicleta Honda CG 150 FAN preta foi encontrada há alguns metros do local do crime e estava sem placa.

 

Testemunhas, porém, apontaram uma residência, distante cerca de 3 km do local aonde o homicídio foi registrado, como sendo da vítima. Na residência foi possível encontrar um extrato em nome de Josenilto Ferreira de Campos, a polícia acredita que possa se tratar da vítima.

 

Populares não souberam informar o nome da vítima, mas disseram conhecer o homem pela alcunha de “Carequinha”, a polícia pede ajuda da população para que este possa ter sua identidade revelada, ou seja, que alguém possa fazer o reconhecimento. Ao que parece este não possui familiares em Brasnorte. O corpo foi encaminhado para IML de Juína.

 

Já a segunda vítima, trata-se de Welliton Bruno da Silva de 35 anos, ele foi atingido também por disparos de arma de fogo. Este foi socorrido por terceiros e encaminhado ao Hospital Municipal de Brasnorte, devido a gravidade dos ferimentos, ele foi transferido para Juína e deve passar por cirurgia.

 

Até agora às motivações do crime são desconhecidas. A polícia, porém, adiantou a reportagem da Band FM Brasnorte que já possui o nome do principal suspeito de ter cometido o crime, e que para o bom andamento da investigação manterá a informação em sigilo.

 

O investigador Fabiano Souza afirmou a reportagem que assim que Welliton estiver em condições de falar será possível saber de maneira mais concreta as motivações e autor do homicídio e tentativa.

 

Até o fechamento da matéria não foi possível saber sobre o estado de saúde de Welliton que segue internado em Juína.

 

Participaram da ocorrência o 3° Sargento da Polícia Militar Batista Junior, Soldado Cáceres, e o investigador de Polícia Civil Fabiano Souza.

Notícias da editoria