Mais de metade da população não tem plano de saúde

Rodrigo Soares / Redação DS 26/02/2019 Saúde

54% da população não tem acesso aos serviços oferecidos por um plano

46% a população têm um convênio de saúde

Município estimado com mais de 100 mil habitantes, Tangará da Serra conta com 54% da população que não tem acesso aos serviços oferecidos por um plano de saúde. A estatística é revelada através de uma pesquisa recentemente realizada pelo Jornal Diário da Serra, que tem como principal finalidade conhecer os hábitos e utilidades dos tangaraenses, incluindo também o acesso aos setores da saúde pública e particular.


De acordo com dados da pesquisa DS, 46% dos entrevistados têm um convênio de saúde, contando com acessos hospitalares da rede privada. Para a secretária de Saúde em exercício, Dienefer Jaqueline Feix, o número é considerável diante dos atendimentos realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Tangará da Serra.


“As nossas unidades têm tido alto número de atendimento. A demanda tem aumentado muito, tanto em relação as consultas de rotina, como nos programas de gestante, hipertensão, diabetes,  hanseníase e atendimento de vacinas”, comentou a secretária, destacando que a Saúde Pública sentiu um aumento considerável desde o final do ano passado. “A gente ainda tem uma demanda alta na UPA, onde em média 500 pessoas são atendidas por dia. Isso sem contar os pacientes que estão internados, que são pessoas em atendimento do doenças crônicas e que contam com um acompanhamento mais intensivo”, explicou Dienefer.


Ainda segundo a pesquisa DS, apenas 1,1% da população do Município citou ‘mais USF’s’  quando perguntada ‘que tipo de ações os membros dessa família consideram importantes que sejam feitas pelo Executivo Municipal no seu bairro ou na cidade’. A secretária de Saúde considerou o número importante, tendo em vista a grande quantidade de USF’s espalhadas pela cidade. “Temos 23 unidades e uma básica, que atende a zona rural, além da Clínica da Família”, informou a responsável.


Para humanizar atendimento, Saúde desenvolve ações

Durante a pesquisa realizada pelo Jornal Diário da Serra, 10,4% da população citou ‘melhor atendimento na Saúde’ quando questionada ‘que tipo de ações os membros dessa família consideram importantes que sejam feitas pelo Executivo Municipal no seu bairro ou na cidade’. Segundo a secretária de Saúde, Dienefer Jaqueline Feix, para melhorar a satisfação dos pacientes nos atendimentos, o Executivo desenvolve desde o ano passado capacitações entre os servidores da Saúde Pública. “São ações para melhorar e humanizar os atendimentos, para que os pacientes tenham uma resposta melhor”, comentou Feix, ao lembrar que nesse ano a Secretaria Municipal de Saúde já realizou duas palestras com os profissionais do Mais Médicos e enfermeiros, visando também padronizar os atendimentos.


Ainda de acordo com a secretária, dentro desse trabalho de humanização a Saúde desenvolve  projetos em algumas Unidades de Saúde da Família (USF’s), onde contam com atendimentos contra o tabagismo, estímulo ao emagrecimento e auriculoterapia.  


“A gente tem notado que as pessoas estão preocupadas com a prevenção, pois têm procurado mais por atendimentos. Não estão preocupadas só com a recuperação, que é a parte em si de tratamento da doença, estão buscando a prevenção (…)”.



Notícias da editoria