Militar é detido ao colocar à venda instrumento musical furtado

Mídia News 13/03/2019 Polícia

O militar afirmou que estava realizando a venda a pedido de seu pai

A viola de arco que foi recuperada cerca de um ano após o furto

Um militar do Exército Brasileiro foi detido pela Polícia Militar  depois de colocar à venda, no site OLX, uma viola de arco furtada há cerca de um ano. O músico e professor do Instituto Ciranda, Diego Monteiro Lopes, reconheceu o instrumento como o sendo o dele. O soldado E.K.S.A., de 19 anos, serve no 9º Batalhão de Engenharia e Construção do Exército, em Cuiabá. Ele foi acompanhado por um sargento da unidade até a Central de Flagrantes.


De acordo com o boletim de ocorrência, um amigo entrou no site de compras, viu o instrumento e informou Diego sobre a venda da viola de arco, semelhante à que fora furtada do músico no dia 25 de fevereiro de 2018.


Na ocasião, o carro dele foi arrombado e o instrumento, avaliado em R$ 10 mil, levado, nas dependências da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Segundo o BO, a viola de arco - fabricada em Poços de Caldas (MG) em 2011 - possuía uma etiqueta de identificação. Diego entrou em contato com o anunciante e simulou interesse. Ele marcou de se encontrar com o militar na Arena Pantanal para efetuar a compra. Ao chegar ao local marcado, o músico reconheceu, de imediato, o instrumento.


O militar foi abordado pelos polícias e afirmou que estava realizando a venda a pedido de seu pai, que estaria na Espanha, de acordo com o BO.
 

Notícias da editoria