Casal é preso sob suspeita de roubar e espancar idoso

Redação DS 24/07/2017 Polícia
Polícia

Um casal foi preso na manhã do último domingo, 23, em Tangará da Serra pela Polícia Judiciária Civil. W.G.O. e L.K.S., são apontados pela investigação como suspeitos de terem tirado a vida de José Vasoler, de 67, encontrado morto na terça-feira passada, 18, em sua residência, no Jardim Itália.
Conforme a PJC, as suspeitas iniciais seriam de que o idoso havia tido morte natural. Porém, após os trabalhos de perícia, várias escoriações foram encontradas pelo corpo da vítima e a partir disso, a possibilidade de homicídio passou a ser considerada.
Após oitivas, os policiais chegaram a informação de que José havia sido vítima de um roubo em que sua bicicleta foi tomada de assalto. No crime, os elementos o agrediram, conforme as testemunhas.
De acordo com o investigador Lázaro Ribeiro, da Polícia Civil, em consulta bancária, um dos familiares do idoso constatou que foram feitas compras totalizando quantia acima de R$ 3 mil com o cartão da vítima.   “Conseguimos chegar a suspeita, que é vizinha do idoso, ela admite que foi até a casa da vítima e pegou o cartão dele e fez essas compras, o rapaz nega participação no crime, mas também admitiu as compras”, destacou o investigador, ao informar que a família de José Vasoler reside no estado do Paraná.
Após receberem voz de prisão, o casal foi conduzido para a delegacia da Polícia Judiciária Civil para que fossem tomados os procedimentos de praxe. Eles podem responder por latrocínio, que configura roubo seguido de morte.

>> Paulo César Desidério - Redação DS

Notícias da editoria