Durante a 32ª reunião, vereadores aprovam projetos

Redação DS 06/09/2017 Geral

Em sua maioria, os projetos analisados na sessão tratavam-se de abertura de créditos suplementares e adicionais

Na tarde de ontem, 05, assim como ocorre todas as terças-feiras, foi realiza mais uma sessão ordinária, no plenário Daniel Lopes da Silva.
Em sua maioria, os projetos analisados na sessão tratavam-se de abertura de créditos suplementares e adicionais, que se destinavam  as secretarias de Meio Ambiente, Infraestrutura, Infraestrutura e Cultura, Educação e Cultura e Secretaria de Esportes.
Durante a 32ª  reunião, os vereadores analisaram diversos projetos, dentre eles, um que trazia a propositura da criação do Conselho Municipal de Turismo de Tangará da Serra. Como justificativa para sua implantação, está torná-lo mais eficiente e dinâmico.
Dentre os vários projetos, analisados e votados, os vereadores aprovaram a abertura de crédito adicional no valor de R$ 688.429.00 para custear despesas da Secretaria de Meio Ambiente, que objetiva melhorar a qualidade da água do Rio Queima Pé, bem como, a abertura de créditos suplementares. Um, no valor de R$ 418.000,00 destinado a custear despesas da Secretaria Municipal de Fazenda. E outro, no valor de R$ 1.108.800,00 destinados a custear  despesas da Secretaria Municipal de Administração, gabinete do prefeito e Secretaria Municipal de Coordenação e Planejamento.
Outro assunto que novamente foi recorrente durante a reunião, foi a falta de envio do projeto que trata da Reposição Geral Anual (RGA) dos servidores públicos do município de Tangará da Serra. Durante a sessão, a presidente do Sintep, Francisca Alda, fez uso da tribuna e  apresentou documentos encaminhados  à administração, que comprovam, segundo ela, a busca por entendimento com o executivo municipal.

>> Rosi Oliveira - Redação DS

Notícias da editoria