Bastidores da Política

Redação DS 30/10/2017 Bastidores da Politica

Desagradável

Durante a realização da 10ª Caravana da Transformação em Tangará da Serra, infelizmente aconteceram episódios nada agradáveis, ainda mais, por ter como protagonista um membro do Poder Legislativo. Segundo a coordenação da Caravana, houve a necessidade de solicitar a saída do legislador do recinto, por não aceitar as regras estabelecidas para sua utilização.

Jeitinho

De acordo com relatos, um dos legisladores tentou de forma insistente inserir pessoas que não estavam dentro dos requisitos para o atendimento. Após a recusa do pedido, o legislador ficou no recinto da Caravana denegrindo os serviços e a administração, que nada podia fazer, uma vez que os pacientes em questão não estavam dentro dos pré  requisitos elencados para os procedimentos.

“Convidado a sair”

“Nossa meta é ajudar. Viemos para cá com essa determinação do governador de não deixar ninguém para traz, mas infelizmente, algumas pessoas não entenderam o funcionamento da sistema e tentaram burlá-lo. Eu então tive que pedir que essa pessoa saísse do local. Só falou mal da Caravana, quem não a conheceu de verdade”, afirmou uma das organizadoras da 10 ª Caravana da Transformação.

Gilmar Mendes

Manifestantes fizeram um protesto no local onde os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes participaram de um evento na manhã de sábado, 28, em São Paulo. Um grupo de pessoas atirou tomates contra um carro que chegou ao evento.  Os manifestantes confundiram o carro, achando que era o do ministro Gilmar Mendes.

Tomataço

O grupo denominado Tomataço se manifesta contra a corrupção e já fez diversos atos, principalmente em eventos com a presença do ministro Gilmar Mendes. Em uma das vezes, em outubro, os ativistas atiraram tomates contra o carro de Mendes. Em 21 de agosto, um dos integrantes do Tomataço que pretendia atirar tomates em Gilmar Mendes foi retirado de evento em São Paulo.

Negado

O ex-secretário da Casa Militar e coronel da PM, Evandro Lesco, procurou a Polícia Judiciária Civil (PJC) para prestar um novo depoimento após sua primeira oitiva.  Porém, como o órgão já havia sido notificado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e  avocou os inquéritos que tramitavam no Estado, o testemunho não pode ser concedido à autoridade policial.

Com Lula

Em sua primeira pesquisa de avaliação da corrida presidencial de 2018, o instituto de pesquisas Ibope avalia que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estaria na frente com um mínimo de 35% das intenções de voto. O resultado dessa consulta, que traz, ainda, outros cenários para a disputa, foi divulgado na manhã deste domingo, 29, pela coluna do jornalista Lauro Jardim, de O Globo.

Sem Lula

Sem o ex-presidente na jogada, Marina passa a liderar a corrida presidencial empatada com Bolsonaro e com 15% das intenções de voto. Neste caso, o apresentador Luciano Huck surge em terceiro, com 8%. Ciro Gomes, Alckmin e Doria aparecem com entre 7% e 5%. A pesquisa,  foi realizada neste mês com pouco mais de 2 mil pessoas.

Notícias da editoria