Obras em escola do Parque Tarumã seguem lentas

Redação DS 03/04/2018 Geral

Obras foram iniciadas em fevereiro

Geral

Iniciadas há pouco mais de 30 dias, as obras de construção da escola no Parque Tarumã (Altos do Tarumã) estão caminhando em ritmo lento.
“Estamos trabalhando neste primeiro mês em ritmo bem lento, mas estamos trabalhando”, afirma o engenheiro Iomar, da Construtora São Valentin, responsável pela obra, ao destacar que o motivo é a falta de Alvará de Construção. “Não conseguimos ainda que a Prefeitura nos fornecesse o alvará de construção, devido a falta de alguns documentos que a gente depende da Secretaria [de Estado] de Educação. Mas eles nos prometeram de que até quarta-feira estará tudo na nossa mão”.
Com essa documentação em mãos, segundo o engenheiro, será possível dar andamento aos trabalhos de uma forma mais acelerada. “A Prefeitura nos prometeu que até o final de semana nos forneceria o Alvará de Construção, a gente apresentando essa documentação. Então, assim que sair, teremos condições de comprar o material e colocar na obra”, explica, ao ressaltar que, mesmo sem o Alvará de Construção, os trabalhos no local foram iniciados após a Prefeitura emitir autorização. “Com esse documento a gente já está fazendo alguns serviços. Fizemos a limpeza, aterramos as salas (…) não estamos parados, mas não é o ritmo que gostaríamos”.
A construção da unidade escolar é um antigo anseio da população de Tangará da Serra, pois a mesma beneficiará cerca de 800 alunos da região. Orçada em R$ 3,4 milhões, a obra contará com 12 salas de aula, além de biblioteca, ambientes administrativos (sala de direção, secretaria, coordenação pedagógica e de professores), cozinha e refeitório, depósitos, sanitários coletivos masculino e feminino, banheiro de funcionários, quadra poliesportiva coberta e vestiários masculino e feminino. A nova escola, após quatro anos parada, deve ser entregue em 10 meses, a contar da assinatura da ordem de serviço – em fevereiro.

Fabíola Tormes / Redação DS

Notícias da editoria