OAB Tangará reforça necessidade de reforma do Cisc

Redação 13/03/2018 Polícia
Polícia

Com preocupação. Assim é vista a estrutura física da Delegacia da Polícia  Judiciária Civil de Tangará da Serra pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em  Tangará da Serra. A preocupação foi ressaltada pelo presidente da OAB, Kleiton Carvalho. “A 10ª Subseção de Tangará da Serra também se mostra preocupada com a estrutura atual do Cisc, onde inclusive mantém uma sala para atendimentos em parceria com a polícia judiciária civil para melhorar o atendimento das pessoas que ali buscam seus direitos”, destaca, ao salientar que o prédio já abrigou inclusive o Fórum local e hoje está em situação precária, que já sugeriu inclusive, sua interdição, como revelado pelo Delegado Nelder Martins há dias atrás. “O prédio já abrigou no passado, o Fórum da comarca de Tangará da Serra. Hoje nossa cidade cresceu muito, tanto é que, o Fórum já está em fase de ampliação por conta justamente do aumento da demanda, enquanto o Cisc pena. Passa por dificuldade de estrutura de rede elétrica, de rede sanitária. A insalubridade existente naquele local tanto para quem trabalha, quanto para as pessoas que para ali são levadas é grande. É um ambiente realmente inapropriado para o exercício de um trabalho tão importante que é realizado pela polícia judiciária”, destacou Kleiton.
“A OAB é solidária. Precisamos urgentemente de uma nova estrutura e queremos lado a lado buscar um resultado mais rápido e eficaz com relação a essa obra, reforçou.

Rosi Oliveira / Redação DS



Notícias da editoria