Médico condenado por abusar de pacientes é preso em MT

Redação DS 28/04/2018 Polícia

Ele foi preso em Colniza

Polícia

O médico peruano Homero Reynaldo Ordonez Ramos, de 53 anos, foi preso na tarde de quinta-feira, 26, no Hospital Municipal de Colniza. Ele era procurado pela Justiça, acusado de abusar sexualmente de pacientes sedadas.
De acordo com o delegado Edson Pick, que deu cumprimento ao mandado de prisão, o médico foi preso enquanto trabalhava na unidade de saúde, por volta das 17h.
Homero é  acusado de ter cometido abusos contra pacientes nas cidade Buritis (RO) e Araras (SP).
Pelos crimes cometidos em Rondônia, ele foi condenado a seis anos de cadeia. Já a Justiça de São Paulo decretou sua prisão por crimes semelhantes comtidos em Araras. 
Considerado foragido, seu paradeiro foi descoberto por meio de denúncia anônima. Ele também estava impedido de exercer a Medicina por ordem judicial.
Segundo o delegado, o médico estava morando na cidade há duas semanas. E além do hospital municipal, ele também estava trabalhando em uma unidade saúde particular.
“Ele levava a vida normalmente. Trabalhava em dois locais, após ser contratado por uma empresa que ganhou uma licitação para atuar no Município”, contou.

Midia News

Notícias da editoria