Curtas

Redação 12/04/2018 Curtas

Hospital Jardim Cuiabá fecha as portas

A Segunda Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça determinou o fim do contrato de arrendamento do Hospital Jardim Cuiabá. Na prática, a unidade hospitalar, uma das maiores de Mato Grosso, fecha as portas a partir do dia 19 deste mês. A briga começou pela discordância entre os sócios do hospital. Dos 15 cotistas, apenas os médicos Fares Hamed Abouzeid Fares e Arilson Costa Arruda decidiram firmar um contrato de arrendamento do prédio onde está localizado o hospital. Os outros 13, que a princípio não quiseram participar do contrato, voltaram atrás e, desde 2013, brigam na Justiça para ter direito à utilização do local.

UTI

O Governo do Estado de Mato Grosso aumentou em 73% o número de leitos de UTI de 2015 a 2017. O Estado disponibilizava 329 leitos em 2014, e hoje são 529, entre adultos, pediátrico e neonatal, além de unidades intermediárias adulto e neonatal e também a neonatal Canguru.

Tangará

Os novos leitos contemplaram Cuiabá, Tangará da Serra, Rondonópolis, Primavera do Leste, Sorriso, Sinop, Lucas do Rio Verde e Cáceres. De 11 leitos em 2014, o município de Tangará da Serra passou a contar com 32 novos leitos de UTI totalizando 43 entre adultos, pediátrico e neonatal.

TRT

O Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso emitiu a ordem de serviço para elaboração dos projetos executivos de construção do novo Fórum Trabalhista de Lucas do Rio Verde. O prédio será erguido em um terreno doado na última semana pelo município à União.



Notícias da editoria