Tangará é representada em Encontro Internacional de Astronomia

Redação 17/04/2018 Educaçao
Educaçao

Graças ao apoio dos professores, coordenação e da diretora Lenilza Roberto da escola em que trabalha, a professora Silvana Copiceski participou dos dias 12 a 15 de um  Encontro Internacional de Astronomia e Astronáutica, realizado em Campos de Goytacazes no Rio de Janeiro.
Essa é a terceira vez que a professora que trabalha na área de  Astronomia e Astronáutica há cinco anos participa, e mais uma vez, como sempre faz, partilhou seu encantamento com um de seus alunos, Mishell Lautenti Muleta. Silvana lembra que seu orientador disse que havia sido procurado por um aluno que gostaria de trabalhar com Robótica e a indicou, e que ao conhecer Michel, de 17 anos, aluno do 2º Ano-A,  da Escola Plena, ficou encantada. “O Michel já veio pronto e já sabia o que queria, tanto que já veio com um carrinho que ele havia construído. Vi ali um grande potencial e o convidei para participar do encontro e para desenvolvermos um projeto para apresentação lá. Assim fizemos, e ele colocou um braço mecânico no carro que havia feito e eu tinha uns foguetes que estavam guardados e decidimos soltá-los e foi um sucesso”, comenta.
Segundo a professora, o experimento foi um sucesso e o foguete alcançou 300 metros, sendo isso foi relatado durante o evento. “O trabalho que eu faço é fazer que o aluno se conscientize da importância de estar estudando e estou pronta para repassar também aos professores que queiram assim trabalhar”, ressalta.
“Na  primeira ida para esse congresso eu fui para assistir e via a importância de que já estava indo, tendo gastos então não iria mais só para participar, mas para contribuir então na segunda vez fui com uma apresentação e dessa vez fui com quatro, Missão X- Treinando com Astronauta; Caça Asteroides; Festa das Estrelas e A Simulação de um Braço Mecânico Levando o seu Foguete até o Lançamento”, destaca ao informar que inclusive este foi apresentado pelo próprio aluno, que se disse bastante enriquecido com  a experiência. “Estou muito feliz pela oportunidade, pois conheci muitas pessoas e trouxe uma bagagem imensa que espero poder junto com a professora, transmitir aos alunos da cidade”, frisou.

Rosi Oliveira / Redação DS



Notícias da editoria