Usuário reclama de atendimento oftalmológico do Detran

Redação DS 18/05/2018 Geral

Leitor também reclamou do atendimento direcionado do Detran

Geral

A organização adotada pela 22ª Circunscrição Regional de Tangará da Serra (22ª Ciretran) para a realização de exames oftalmológicos foi alvo de críticas de um usuário, que procurou a reportagem do Jornal Diário da Serra para fazer a reclamação. O procedimento clínico é necessário para que haja a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
De acordo com o leitor, que preferiu não se identificar, apesar do site do Detran constar que Tangará da Serra conta com cinco médicos credenciados para a realização do exame, os usuários têm enfrentado dificuldades para efetivar a renovação da CNH devido a falta de organização nos atendimentos oftalmológicos.
“Dos cinco médicos credenciados, quatro atendem no mesmo lugar, mas não de forma simultânea. Além disso, neste local atendem somente uma hora de manhã e uma hora a tarde. Os médicos revezam os atendimentos entre si, fazendo com que se acumule muitas pessoas a espera de atendimento. Quem vê o site, acha que Tangará tem número de profissionais necessários para fazer os atendimentos, mas isso não acontece porque ao invés de todos atenderem, eles vão se revezando”, reclamou o usuário, informando que o Município conta com outra clínica que realiza o exame oftalmológico, onde tem apenas um profissional.
“Se o município tem vários profissionais habilitados, tinham que maximizar o atendimento”, desabafou, revoltado pela falta de organização do serviço.
Outra reclamação do leitor é o fato da Ciretran direcionar os atendimentos para um único local, não informando que existe outra opção. “Já entregam a pasta do exame indicando o médico e não informam as opções para a população. As pessoas têm mais o que fazer, já é um atendimento péssimo e desorganizado no Detran e ainda tem a maratona dos exames”, exclamou. A reportagem tentou entrar em contato com a Ciretran de Tangará da Serra, mas até o fechamento dessa edição, não obteve sucesso.

RODRIGO SOARES / Redação DS

Notícias da editoria