Sem combustível, aulas serão suspensas a partir de amanhã

Redação DS 28/05/2018 Geral

Salas estarão vazias a partir de hoje

Geral

As aulas da rede municipal de ensino em Tangará da Serra serão suspensas a partir desta terça-feira, dia 29 de maio, em razão da paralisação dos caminhoneiros. A suspensão acontece devido a falta de combustíveis, que estão barrados pela categoria nas rodovias, impossibilitando assim a locomoção de professores, alunos e funcionários da rede pública.
De acordo com o secretário municipal de Educação, Adriano Fernandes, não há previsão para o retorno das aulas. “As atividades só retornarão quando o abastecimento for regularizado. A questão não é somente o transporte escolar. Muitos professores dão aula em mais de uma escola, então eles estão enfrentando imensa dificuldade para locomoção”, explicou o responsável, ao lembrar que o serviço de transporte escolar está paralisado desde a última quinta-feira, dia 24 de maio.
“Salientamos que somos solidários à essa manifestação que visa combater a elevação exagerada nos preços dos combustíveis no Brasil”, cita o secretário em uma nota divulgada à imprensa na semana passada, destacando ainda que assim que a situação for normalizada, o transporte dos alunos das Redes Municipal e Estadual de Ensino também será retomado de forma imediata. “Agradecemos a atenção e compreensão de todos”, pede o secretário. Na Rede Estadual de Ensino, até o final da tarde não havia informação sobre suspensão das aulas.
COLETA DE LIXO - Na manhã desta segunda-feira, 28, o movimento dos caminhoneiros liberou um caminhão para fazer o abastecimento de veículos utilizados para os serviços essenciais. Com isso, a coleta de lixo em Tangará da Serra não deverá mais ser afetada na próxima quarta-feira, 30, conforme publicação do Diário da Serra veiculada na edição desta segunda-feira. A previsão é que o Município tenha combustível para realizar a atividade até a próxima semana.

RODRIGO SOARES / Redação DS

Notícias da editoria