Caminheiros encerram manifestação em Tangará da Serra

Redação DS 30/05/2018 Geral

Trânsito de veículos foi liberado na manhã desta quarta-feira

Geral

Foram encerradas na manhã desta quarta-feira, dia 30 de maio, as manifestações dos caminhoneiros em diversas rodovias do Estado de Mato Grosso, inclusive em Tangará da Serra. A manifestação iniciou no dia 21 de maio e chegou ao seu 10º dia.
No município tangaraense, após acordo entre os manifestantes presentes, a rodovia MT 358 – no Trevo da Melancia foi desbloqueada e os veículos começaram a seguir viagem. Até o final da manhã praticamente tudo já havia sido retirado.
“Estamos de parabéns. Provamos que quem move o país somos nós, os caminheiros. Comprovamos a potência do transporte e a necessidade de olhar essa categoria com bastante orgulho”, afirma o presidente da Associação dos Proprietários de Caminhões de Transporte de Tangará da Serra (APCTTS), Edgar Laurini, ao avaliar a manifestação. “Foi uma manifestação socialmente positiva. Sabemos o quanto de transtorno causamos, mas sem sacrifício a gente não chega aos objetivos. Esse é um momento de reflexão e oração de todos”.
Quanto as reivindicações alcançadas, Laurini, afirma que este é um momento também de expectativa. “A sociedade está muito preocupada, pois não acredita no Governo Federal, mas neste momento temos que pensar positivo para que as promessas sejam cumpridas. Agora é aguardar que os Governos Federais, Estaduais, Confederações e Federações façam o seu papel. Nós fizemos o nosso de chamar a atenção deles”, destaca. “Esse é um momento de trégua e agradecemos o apoio de todos. Esse foi um grito de socorro ao Governo Federal, ao Governo Estadual (…) e agora que cumpram o seu papel”.
REGIÃO - Além de Tangará da Serra, segundo Laurini, outras rodovias também foram liberados. “Nas rodovias federais foi a 'força' que chegou e liberou. Nós não. Tivemos a oportunidade de levantar acampamento com sabedoria”.
Em Barra do Bugres, o trânsito de caminhões e outros veículos de transportes foi liberado por volta das 10h. O ponto de paralisação encontrava-se sobre a ponte do rio Bugres, na saída da cidade com destino a Cuiabá.
Houve desbloqueio também em Campo Novo do Parecis e Sapezal. “Toda a região está desbloqueada. Não terá mais bloqueio em rodovia”.

Fabíola Tormes / Redação DS

Notícias da editoria