Surgem novos casos de câncer do pulmão em MT

Redação DS 05/06/2018 Saúde
Saúde

O hábito de fumar é o fator de risco mais conhecido para o câncer de pulmão. Ele aumenta em até 20 vezes a chance de uma pessoa desenvolver a doença quando comparado aos não fumantes. Ainda assim, o país registra um elevado número de casos da doença entre fumantes. Alertas como estes foram feitos na semana em que se celebra o “Dia Mundial sem Tabaco”, comemorado no último dia 31.
De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), para o biênio 2018/2019, são estimados 18.740 casos novos de câncer de pulmão entre homens e de 12.530 nas mulheres no Brasil. Esses valores correspondem a um risco estimado de 18,16 novas ocorrências a cada 100 mil pessoas do sexo masculino, sendo o segundo tumor mais frequente; e com um risco estimado de 11,81 para cada 100 mil mulheres.
Em Mato Grosso, a estimativa é de 270 novos casos desse tipo neoplasia maligna entre os homens, e de 150 entre o público feminino, no mesmo período, ou seja, um total de 420 ocorrências. Essa quantidade representa uma incidência de 13,35 novos casos a cada 100 mil homens e de 8,93 a cada 100 mil mulheres. Já para Cuiabá, a estimativa é de 60 novas ocorrências entre os homens e de 40 entre as mulheres. A incidência bruta é de 20,49, a cada 100 mil homens e de 11,94 entre 100 mil mulheres.  Segundo o Inca, sem considerar os tumores de pele não melanoma, o câncer de pulmão em homens é o segundo mais frequente nas regiões sul (36,27/100 mil) e no centro-oeste (16,98/100 mil).

Diário de Cuiabá

Notícias da editoria