BUSCA DE NOTÍCIAS:
  Tangará da Serra, 23 de novembro de 2017.  
Tangará da Serra - MT


Em 13/09/2017
‘Solvere’ oferece tecnologia que reduz custo de energia em até 95%


Tecnologia proporcionada pela energia solar pode reduzir custos em quase 100%


A conta de luz no final do mês, sem dúvida, costuma tirar o sono de muita gente. Pensando em dar um pouco mais de tranquilidade no bolso do consumidor, a Solvere Engenharia, implantada em Tangará da Serra, está ofertando o serviço de geração de energia elétrica na própria unidade consumidora, que é possível com a implantação de painéis fotovoltaicos, um sistema sustentável e econômico.
De acordo com o engenheiro eletricista e proprietário da Solvere, Hare Kumaichi Onga de Jesus, a empresa está no mercado há mais de um ano, possibilitando aos consumidores uma redução de até 95% na conta de energia elétrica. “Os sistemas fotovoltaicos têm esse potencial. Só não tem como zerar a conta, porque existem as taxas mínimas da rede, mas o sistema realmente gera economia”, afirmou, ao destacar que a empresa realiza atendimento a domicílio, onde apresenta para os usuários todas as propostas e benefícios trazidos pela tecnologia.
“Conversamos com o cliente para verificar qual a intenção dele com a instalação de um sistema fotovoltaico, isto é, se é para reduzir a conta de luz ou abastecer alguma edificação onde não há rede elétrica. A partir disso, fechamos negócio e iniciamos os trâmites junto à concessionária e a posterior instalação”, disse o engenheiro.
Além de gerar uma excelente economia para o bolso do consumidor, o imóvel acaba tendo uma valorização média de 8 a 10%.
“O foco também é estar contribuindo com o meio ambiente, de ter uma fonte de energia limpa e abundante, principalmente aqui em Mato Grosso, onde há grande potencial em horas de sol pico”, relatou Hare Kumaichi, explicando ainda que a energia excedente gerada pelo sistema fotovoltaico pode ser utilizada em outras propriedades ou servir de ‘crédito’ para a unidade consumidora. “Se em um mês gerar a mais do que consumiu, o crédito fica na concessionária para abater na próxima conta. As vezes pode ser que tenha um dia muito nublado, onde o sistema não vai gerar o suficiente para abater o consumo diário médio e sendo assim, o crédito de energia é abatido naquela ocasião”, revelou.
A representante comercial da Solvere, Joelma Telles Moraes Onga, reforçou que a empresa desenvolve o projeto de acordo com a necessidade do cliente. “Durante a visita técnica, fazemos toda análise em cima do consumo. Se o cliente optar por reduzir 50% da conta de energia, elaboramos o projeto de acordo com a solicitação do usuário. Hoje, nossos clientes pagam a taxa mínima, conforme seu padrão de entrada, enfatizou a representante.
O consumidor que se interessar pela tecnologia oferecida pela Solvere Engenharia, pode entrar em contato com a empresa através dos celulares (65) 99922-6106/ 99207-6588, ou através do e-mail solvere@solvere.net.br. Vale destacar que além de Tangará da Serra, a Solvere atende todos os municípios vizinhos.

>> Rodrigo Soares - Redação DS




Compartilhe:


notícias da editoria
23/11/2017 - Bueiros entupidos causam inundações e preocupam moradores
Assunto ganhou repercussão nas redes sociais através de uma postagem do vereador Fábio Brito
18/11/2017 - Seapa disponibiliza mudas de cana de açúcar para Agricultura Familiar
Ação visa beneficiar produtores da Agricultura Familiar de Tangará da Serra
18/11/2017 - Trabalhos temporários são oportunidades para voltar ao mercado
Ana Paula Vieira Lins foi contratada temporariamente como vendedora
17/11/2017 - Após habilitação, UPA 24 Horas recebe 1ª parcela de quase R$ 230 mil
Para manutenção do recurso, há que se cumprir alguns requisitos
17/11/2017 - Sinfra realiza melhorias na estrada da Tapera
O objetivo é oferecer condições de trafegabilidade aos produtores, moradores e alunos
17/11/2017 - Projeto de Lei prevê psicólogo e assistente social em escolas
Deputado Saturnino Masson (PSDB)
17/11/2017 - Prefeitura de Tangará abre Processo Seletivo com mais de 160 vagas
Salários são variáveis, entre R$ 790,60 a R$ 12.603,72
17/11/2017 - Encerram hoje as inscrições para bolsas de estudos na Atec
Inscrições estão sendo realizadas na secretaria da Atec
17/11/2017 - Último sarau cultural do ano terá desfile de exaltação a beleza afro
Desfile ocorrerá em menção ao dia da consciência negra
14/11/2017 - Fascículos do livro ‘Memória’ continuam à venda no Diário da Serra
Somados, os cinco livros já eternizaram a história de 106 personalidades
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
23/11/2017 - SAÚDE
Crescem atendimentos a casos de virose gastrointestinal em Tangará

23/11/2017 - SAÚDE
Pós operatório de cirurgias segue até sexta-feira

23/11/2017 - GERAL
Bueiros entupidos causam inundações e preocupam moradores

23/11/2017 - POLÍTICA
Sindicato cessa greve e servidores retornam ao trabalho hoje

23/11/2017 - POLÍTICA
ALMT aprova PEC do Teto de Gastos

23/11/2017 - POLÍTICA
PL visa integração da MT-358 no Plano de Viação

23/11/2017 - POLÍCIA
Menor furta veículo e com mais três adolescentes sofre acidente

23/11/2017 - POLÍCIA
PM prende suspeito de tráfico com mandado de prisão em aberto

23/11/2017 - POLÍCIA
Tangaraenses foram lesados em golpe do dinheiro fácil

23/11/2017 - POLÍCIA
Após matarem homem com golpes de facão, suspeitos são presos

23/11/2017 - ESPORTES
Rueda confirma ausência de Éverton em partida da semifinal

23/11/2017 - ESPORTES
‘1º Torneio do Ano’ em Tangará contará com 44 equipes

23/11/2017 - ESPORTES
Jaciara receberá a última etapa do Circuito de 2017

23/11/2017 - ESPORTES
Luverdense e União conhecem seus grupos na Copa SP

22/11/2017 - POLÍTICA
Em sessão, vereadores aprovam suplementações para diversas áreas

22/11/2017 - EDUCAÇAO
IFMT de Tangará da Serra passará por reforma geral em 2018

Jornal Diário da Serra - Todos os direitos reservados - O primeiro jornal on-line do estado de Mato Grosso