BUSCA DE NOTÍCIAS:
  Tangará da Serra, 16 de janeiro de 2018.  
Tangará da Serra - MT


Em 01/11/2017
Curtas





Gao encerra Outubro Rosa e abre Novembro Azul

O Gao - Grupo de Apoio Oncológico  Luz da Esperança realizou na noite de ontem em Tangará da Serra uma palestra que fechou as atividades da entidade relacionadas ao Outubro Rosa (mês de conscientização sobre o câncer de mama) e iniciou as atividades do Novembro Azul (mês de conscientização sobre o câncer de próstata). De acordo com Edna Girotto, diretora social do Gao, diversas atividades foram desenvolvidas ao longo do mês. Na última segunda-feira, 30, duas palestras foram realizadas nas quais a Drª Gabriela explanou sobre o câncer de mama e o Dr. Elder falou sobre o câncer de próstata e os demais cuidados que o homem deve ter com a sua saúde. A programação segue pelo Novembro Azul. “Durante o Novembro Azul, teremos ainda a continuidade das palestras nas escolas. Já temos escolas agendadas e estamos abertos a firmas que quiserem agendar conosco. Na sexta-feira, temos ainda uma agenda aberta para que possa ser feito isso”, destacou Edna.


Atividades

Segundo a diretora social do Grupo de Apoio Oncológico Luz da Esperança, Edna Girotto, o médico urologista, Dr. Elder, atenderá durante o mês de novembro 15 pacientes, por meio de parceria com a Clínica Inovatto, sem cobrar nada. A parceria conta com apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra.

Triagem

“Foi feita uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde que vai fazer a triagem dos pacientes que estão em espera. Então, optamos por fazer essa parceria de triagem pelo município para ajudar a tirar esses pacientes da lista de espera”, afirmou Edna, ao destacar que os atendimentos serão feitos aos sábados e não haverá custos.

A doença

O câncer de próstata é o 6º tipo mais comum no mundo e o de maior incidência nos homens. As taxas da manifestação da doença são cerca de seis vezes maiores nos países desenvolvidos. Cerca de 3/4 dos casos no mundo ocorrem em homens com mais de 65 anos. Estima-se que 1 a cada 36 homens morrem pela doença no país.

Tem cura

Quando diagnosticado e tratado no início, tem os riscos de mortalidade reduzidos. No Brasil, é a quarta causa de morte por câncer e corresponde a 6% do total de óbitos por este grupo. A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.




Compartilhe:


notícias da editoria
16/01/2018 - Curtas

15/01/2018 - Curtas

13/01/2018 - Curtas

12/01/2018 - Curtas

10/01/2018 - Curtas

09/01/2018 - Curtas

08/01/2018 - Curtas

06/01/2018 - Curtas

05/01/2018 - Curtas

04/01/2018 - Curtas

 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
16/01/2018 - ESPORTES
Tangaraense Ricardo é apresentado no Braga de Portugal

16/01/2018 - EDUCAÇAO
Matrícula web para novos alunos da rede estadual começa hoje

16/01/2018 - GERAL
CNH digital passa a vigorar no próximo mês

16/01/2018 - GERAL
Lions Clube realiza plantio de 150 mudas de árvores

16/01/2018 - GERAL
Vacinação contra febre aftosa atinge 99,7% em Mato Grosso

16/01/2018 - GERAL
Estrada ruim deixou moradores sem coleta de lixo

16/01/2018 - ESPORTES
Após congresso técnico, Copa Zé Bode tem chaveamento definido

16/01/2018 - POLÍCIA
Delegado é homenageado pela Assembleia Legislativa

16/01/2018 - POLÍCIA
PM de Nova Olímpia faz prisão por tráfico e por embriaguez

15/01/2018 - EDUCAÇAO
Venda de materiais escolares cresce em Tangará

15/01/2018 - CULTURA
Cultura atenderá mais de 5 mil crianças neste ano em Tangará

15/01/2018 - CULTURA
Sarau Cultural e Arraiá da Serra serão remodelados

15/01/2018 - CULTURA
Com obras finalizadas, Teatro Municipal será inaugurado

15/01/2018 - CULTURA
“A expectativa é superar as ações do ano passado”, afirma Parabá

15/01/2018 - GERAL
Usina de etanol beneficiará Tangará

15/01/2018 - EDUCAÇAO
Professor Vagner consegue retomada de obras

Jornal Diário da Serra - Todos os direitos reservados - O primeiro jornal on-line do estado de Mato Grosso