BUSCA DE NOTÍCIAS:
  Tangará da Serra, 18 de novembro de 2017.  
Tangará da Serra - MT


Em 01/11/2017
Curtas





Gao encerra Outubro Rosa e abre Novembro Azul

O Gao - Grupo de Apoio Oncológico  Luz da Esperança realizou na noite de ontem em Tangará da Serra uma palestra que fechou as atividades da entidade relacionadas ao Outubro Rosa (mês de conscientização sobre o câncer de mama) e iniciou as atividades do Novembro Azul (mês de conscientização sobre o câncer de próstata). De acordo com Edna Girotto, diretora social do Gao, diversas atividades foram desenvolvidas ao longo do mês. Na última segunda-feira, 30, duas palestras foram realizadas nas quais a Drª Gabriela explanou sobre o câncer de mama e o Dr. Elder falou sobre o câncer de próstata e os demais cuidados que o homem deve ter com a sua saúde. A programação segue pelo Novembro Azul. “Durante o Novembro Azul, teremos ainda a continuidade das palestras nas escolas. Já temos escolas agendadas e estamos abertos a firmas que quiserem agendar conosco. Na sexta-feira, temos ainda uma agenda aberta para que possa ser feito isso”, destacou Edna.


Atividades

Segundo a diretora social do Grupo de Apoio Oncológico Luz da Esperança, Edna Girotto, o médico urologista, Dr. Elder, atenderá durante o mês de novembro 15 pacientes, por meio de parceria com a Clínica Inovatto, sem cobrar nada. A parceria conta com apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra.

Triagem

“Foi feita uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde que vai fazer a triagem dos pacientes que estão em espera. Então, optamos por fazer essa parceria de triagem pelo município para ajudar a tirar esses pacientes da lista de espera”, afirmou Edna, ao destacar que os atendimentos serão feitos aos sábados e não haverá custos.

A doença

O câncer de próstata é o 6º tipo mais comum no mundo e o de maior incidência nos homens. As taxas da manifestação da doença são cerca de seis vezes maiores nos países desenvolvidos. Cerca de 3/4 dos casos no mundo ocorrem em homens com mais de 65 anos. Estima-se que 1 a cada 36 homens morrem pela doença no país.

Tem cura

Quando diagnosticado e tratado no início, tem os riscos de mortalidade reduzidos. No Brasil, é a quarta causa de morte por câncer e corresponde a 6% do total de óbitos por este grupo. A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.




Compartilhe:


notícias da editoria
18/11/2017 - Curtas

17/11/2017 - Curtas

14/11/2017 - Curtas

13/11/2017 - Curtas

10/11/2017 - Curtas

09/11/2017 - Curtas

08/11/2017 - Curtas

07/11/2017 - Curtas

06/11/2017 - Curtas

03/11/2017 - Curtas

 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
18/11/2017 - EDUCAÇAO
IFMT de Tangará investe cerca de R$ 500 mil em energia solar

18/11/2017 - ESPORTES
FMF convoca atletas para a Seleção de Mato Grosso

18/11/2017 - ESPORTES
FMF divulga regulamento e tabela do Mato-grossense 2018

18/11/2017 - ESPORTES
Flamengo X Corinthians

18/11/2017 - ESPORTES
São Paulo X Botafogo

18/11/2017 - POLÍCIA
Reeducandas da cadeia feminina de Tangará concluem curso de artesanato

18/11/2017 - POLÍCIA
Casal morre por asfixia e corpos são encontrados nus

18/11/2017 - POLÍCIA
Sobe para 19 o número de recapturados da Cadeia Pública

18/11/2017 - POLÍCIA
PM recupera bicicletas ‘caras’ com menor infrator em Tangará

18/11/2017 - GERAL
Seapa disponibiliza mudas de cana de açúcar para Agricultura Familiar

18/11/2017 - GERAL
Trabalhos temporários são oportunidades para voltar ao mercado

18/11/2017 - POLÍTICA
Pacote de reformas é reenviado à Câmara e é novamente reprovado

18/11/2017 - POLÍTICA
Junqueira empossa secretários de Esportes e Indústria e Comércio

18/11/2017 - POLÍTICA
Oposição critica escolha de membros de CPI, mas não deve recorrer

17/11/2017 - GERAL
Após habilitação, UPA 24 Horas recebe 1ª parcela de quase R$ 230 mil

17/11/2017 - GERAL
Sinfra realiza melhorias na estrada da Tapera

Jornal Diário da Serra - Todos os direitos reservados - O primeiro jornal on-line do estado de Mato Grosso